quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Blog do Leandro Leite entrevista Gilberto Natalini (PV), candidato à Vereador pela capital paulista

Resultado de imagem para gilberto natalini

O Blog do Leandro Leite entrevista o vereador e candidato a reeleição, Gilberto Natalini (PV). Natalini é conhecido por defender o meio ambiente.

Confira a entrevista abaixo:


1. Qual será seu maior desafio na Câmara Municipal?

Trabalhar e construir uma São Paulo mais sustentável e humanizada.

2. A população encontra muitos problemas para serem atendidos nos hospitais públicos de São Paulo. O problema já começa para marcar uma consulta médica. Na Câmara Municipal, como o senhor pode resolver esse problema?

Tenho vários projetos de lei e leis de minha autoria para melhorar a saúde pública: programa de atendimento às pessoas com psoríase, programa saúde bucal para pessoas com deficiência, atendimento ao doente renal crônico... 

O SUS paulistano está desorganizado e mal tratado. Falta recursos e gestão, por isso a população está sofrendo. Sou autor do projeto de lei que obriga a prefeitura a investir 20% do seu orçamento na saúde. Isso vai ajudar no quesito financiamento, mas tbe precisa de um prefeito competente para fazer a boa gestão. 

 3. O senhor é a favor do recesso no meio do ano da Câmara Municipal?

Sou absolutamente contra. Nosso gabinete sempre trabalhou de janeiro a janeiro. Tenho 97% de presença em plenário e comissões, mais de 1000 discursos em plenário, 18.000 ofícios de cobranças à Prefeitura e por aí vai....

 4. O senhor é a favor da cobrança das sacolinhas plásticas?
O plástico causa um mal terrível à natureza. É um fator grave de poluição. As sacolinhas precisam ser substituídas por outro objeto ou método. 

5. Gostaria que o senhor falasse um pouco mais sobre seu trabalho pelo meio ambiente e sustentabilidade.

Dedico boa parte do mandato às causas do meio ambiente. Tenho muitas leis nessa área, como a lei da água de reuso, que já economizou bilhões de litros de água potável, a lei do reaproveitamento da madeira de poda de árvores, leis p economia de água, lei q obriga o plantio de árvores em estacionamentos, entre tantas outras. Sou idealizador da Conferência P+L e Mudanças Climáticas, maior evento ambiental fechado do estado. Tenho lutado pela abertura de parques, entre tantas outras ações. 

 6. O prefeito Fernando Haddad reduziu as velocidades nas Marginais e em principais avenidas da cidade. O senhor é a favor ou contra a redução da velocidade?
Sou a favor da redução da velocidade, mas não de forma exagerada e intempestiva. Faltam estudos técnicos para embasar a medida. São Paulo não é laboratório. 

7. Na eleição desse ano tivemos algumas mudanças no horário eleitoral no Rádio e na TV, com apenas 10 minutos de duração e somente para os candidatos à Prefeitura da capital paulista. Isso de algum modo atrapalha os candidatos a Vereador?

A democracia precisa de comunicação. Em nome da moralidade estão cerciando exageradamente o direito ao diálogo. Isso vai dificultar muito principalmente para os novos candidatos que não terão tempo para se apresentar. 

 8. O senhor é a favor do aumento do IPTU? 

Sou contra qualquer tipo de aumento de impostos. Gastar bem o dinheiro público diminui a carga tributária. Votei contra o aumento do IPTU.

 9. Recentemente flagrei dois guardas da GCM multando motoristas na Marginal Pinheiros próximo da Estação Granja Julieta da CPTM. O que o senhor pensa a respeito?

Haddad montou uma indústria de multas e desviou o dinheiro arrecadado de forma ilegal.

10. Algo que eu não gosto de um vereador, é quando ele prioriza determinada região de SP, penso que eles tem que trabalhar por toda cidade. Isso é lei ou é escolha do vereador? O senhor também defende isso de priorizar determinada região e abrir mão das outras?

Sou vereador de toda a cidade. Trabalho com temas como meio ambiente, saúde, urbanismo e zeladoria urbana. Não tenho curral eleitoral. Mas isso é uma opção do vereador. 

11. Gilberto Natalini, o Blog do Leandro Leite agradece por sua participação na nossa sabatina online. Obrigado.

0 comentários: